Dúvidas mais frequentes

ALUNO ESPECIAL é aquele que deseja aprofundar estudos ou pesquisas de interesses particulares.

  • A Matrícula como Aluno Especial é concedida apenas para a inscrição em disciplinas, tanto para a Graduação quanto para a Pós-Graduação e não configura vínculo com qualquer curso regular da UFBA, não dando direito ao aluno de graduar-se ou pós graduar-se.
  • A solicitação (inscrição para a seleção) é sempre feita em período estabelecido no Calendário Acadêmico, através de formulário próprio e à instância respectiva: Departamento (se graduação) ou Colegiado (se pós-graduação) que, com base em critérios próprios e pré-estabelecidos, fazem as respectivas seleções publicando, também de acordo com o calendário, os nomes do selecionados.
  • A matrícula dos alunos selecionados para a pós-graduação é feita por cada Colegiado, também de acordo com o Calendário Acadêmico.
  • A matrícula só é validada se devidamente recolhida a taxa de matrícula correspondente 

REGIMENTO INTERNO DO PPGAV

Art. 19º - A critério do Colegiado e, depois de seleção especial, poderão ser matriculados alunos especiais em disciplinas dos Cursos, com direito a creditação curricular.

  • §lº - O aluno especial poderá cursar até 02 (duas) disciplinas, uma por semestre.
  • §2º - Somente será aceito como aluno especial o candidato que possua certificado de conclusão de curso de graduação plena, nas áreas  Específicas e afins.
  • §3º - É vetado o trancamento de matrícula ao aluno especial.
  • §4º - A matrícula de aluno especial não poderá alterar o módulo estabelecido para a disciplina.
  • §5º - O número de alunos a ser admitido nesta categoria será fixado em função do número de vagas e não ultrapassará 50% do módulo de cada disciplina.
  • §6º - Caberá ao professor de cada disciplina informar ao Colegiado quanto à aceitação de Alunos especiais, bem como indicar, se for o caso, o número de alunos que aceitará nesta categoria, ressalvando o disposto no parágrafo anterior.
  • §7º - O processamento de seleção especial ou indicação de alunos especiais será definido e realizado pelos Professores das disciplinas, de acordo com as normas aqui estabelecidas ou com resolução específica.
  • §8º - A convalidação dos créditos obtidos na condição de aluno especial dependerá de sua aprovação no processo regular de seleção, verificada no prazo máximo de 05 (cinco) anos.

 

-> Ler a Resolução nº 2002/03
(Dispõe sobre a oferta de vagas para estudantes estrangeiros nos cursos de pós-graduação stricto sensu da UFBA)
 
Requisitos obrigatórios para a inscrição de estudantes estrangeiros:

  1. Ser cidadão de país com o qual o Brasil mantenha acordo de cooperação cultural, científica e tecnológica.
  2. Não possuir visto permanente no Brasil;
  3. Enviar documentação pelo correio para inscrição no Mestrado/Doutorado em Artes Visuais da Escola de Belas Artes da UFBA, no prazo determinado.

OBS: O ingresso de estudantes provenientes de países que não possuam acordo de  cooperação cultural científica e tecnológica com o Brasil será objeto de análise especial pela UFBA, após consulta ao Ministério das Relações Exteriores do Brasil.

Período De Inscrição
De Janeiro à julho de cada ano (através do envio da documentação pelo correio ou pessoalmente)

Documentação

  1. Cópia autenticada do diploma de curso de graduação na área de ARTES ( os candidatos diplomados em outras áreas de conhecimento terão sua inscrição julgada pela Coordenação e Comissão de Seleção com base no currículo apresentado);
  2. Cópia autenticada do Histórico Escolar da Graduação (oficial)
  3. Cópia autenticada do Documento de Identidade;
  4. Apresentar certificado de proficiência em língua portuguesa (CELPE-Bras);
  5. Currículum (Vitae) Lattes impresso e comprovado com cópias dos documentos (Para preencher este currículum acessar a páginahttp://lattes.cnpq.br/pl/). Para os candidatos estrangeiros este currículum deverá ser preenchido com o número do Passaporte
  6. 2 (duas) fotos 3x4;
  7. Cópia dos textos publicados em periódicos, livros, etc. Apontados no currículum;
  8. Portfolio para os candidatos da Linha de Pesquisa Processos Criativos nas Artes Visuais, identificando o ano da produção dos trabalhos (evitar portfolios com formato muito grande e com materiais prezados e de difícil manuseio);
  9. Projeto de Pesquisa conforme o roteiro Mestrado | Doutorado
  10. Preenchimento do formulário de inscrição
  11. Duas cartas de recomendação de professores ou pesquisadores da área de artes visuais do país de origem.

Qualquer ausência de documentos ou outras irregularidades na documentação apresentada impedirá a inscrição do candidato.

Seleção
O Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da EBA/UFBA designará uma comissão composta de 3 professores doutores para a seleção, assim que a documentação seja recebida e conferida.

Resultado
Imediatamente após a homologação do parecer da Comissão pelo Colegiado do PPGAV, o candidato estrangeiro receberá via e-mail e por correspondência a Carta de Aceitação.

Admissão
A admissão no Mestrado ou Doutorado inicia com a aprovação da(o) candidata(o) no processo seletivo (ver pagina específica) e posterior homologação do resultado da seleção pelo Colegiado do PPGAV. Após essas etapas, a candidata(o) deverá realizar sua matrícula na Secretaria do Programa, conforme calendário específico.

A primeira matrícula consta da inscrição nas disciplinas obrigatórias, optativas e em atividades,  mediante o envio das disciplinas escolhidas por e-mail ao PPGAV

Para as matrículas subsequentes, cada aluna(o) deverá planejar com sua(seu) orientador(a) as disciplinas ou atividades pertinentes. A matrícula é efetivada on-line por cada interessada(o), através do acesso à página da SIAC Web, obedecendo o prazo estabelecido pelo calendário acadêmico anual.

O SIAC web - Sistema Acadêmico de acesso via web só está disponível, por enquanto, para os alunos ativos. É um portal que disponibiliza ao aluno várias informações acerca da sua vida acadêmica (grade curricular, histórico escolar, comprovante de inscrição semestral em componentes curriculares, dentre outras informações) além de permitir, dentro do período estabelecido no Calendário Acadêmico, que seja feita a renovação de matrícula, semestralmente.
 

O acesso é feito através de www.siac.ufba.br, o login é o CPF do aluno e a senha é fornecida diretamente pelo sistema, no endereço de e-mail cadastrado pelo aluno (no Colegiado ou na SGC). Após o primeiro cadastro, o aluno tem a liberdade de alterar tanto seu endereço de e-mail quanto sua senha através do próprio sistema.


Procedimento - Matricula - SUPAC

Antes de realizar sua Matrícula WEB leia atentamente as orientações constantes no link "Apresentação Matrícula WEB 2015.1". Caso ainda persista alguma dúvida após a leitura desse material entre em contato com a Coordenação do Colegiado de seu Curso.

Para efetivar sua matrícula basta clicar em "Matrícula WEB" e digitar seu CPF e senha para acesso ao sistema de matrícula.

Apresentação Matrícula WEB 2015.1

Matrícula WEB

ATENÇÃO: O aluno que atualizou o e-mail e não recebeu a senha deverá acessar a página www.siac.ufba.br, clicar no link NÃO TENHO SENHA e solicitar o envio de nova senha para o e-mail cadastrado. Esse procedimento é válido também para os alunos que são docentes ou funcionários e cujo acesso ao SIACWEB era feito com a senha do SIDOC.

 

FLUXOGRAMA

GRADE CURRICULAR  

ATIVIDADES OBRIGATÓRIAS:
 
EBA939 – ESTÁGIO DOCENTE ORIENTADO
Atividade que possibilita o exercício do magisatério, obrigatória para os bolsistas. Poderá ser substituída ou considerada equivalente ao Tirocínio Docente Orientado.
EBA791 – TIROCÍNIO DOCENTE ORIENTADO
Atividade que possibilita o exercício do magisatério, obrigatória para os bolsistas. Poderá ser substituída ou considerada equivalente ao Estágio Docente Orientado.
Ao final do semestre em questão o estudante preencherá um relatório (CLIQUE AQUI) que deverá ser assinado pelo professor da disciplina e pela sua orientação.
EBA790 - PESQUISA ORIENTADA
Consiste na atividade periódica de orientação da pesquisa realizada pelos orientadores e os respectivos orientandos.
EBA792 - PROJETO DE DISSERTAÇÃO
Elaboração do projeto de pesquisa, do objeto de estudo e da estrutura de dissertação.
EBAA26 - PROJETO DE TESE
Elaboração do projeto de pesquisa, do objeto de estudo e da estrutura da tese.
EBA794 – EXAME DE QUALIFICAÇÃO
Submissão de texto provisório da dissertação, croquis, projetos, maquetes e demais documentos referentes aos processos e resultados da pesquisa teórica e plástica.
EBAA06 – DEFESA PÚBLICA DA DISSERTAÇÃO
Etapa conclusiva do curso que compreende a apresentação para uma banca de avaliadores que analisam, discutem, debatem e avaliam a dissertação publicamente.

CRITÉRIOS DE DISTRIBUIÇÃO DE BOLSAS

Os programas de pós-graduação recebem bolsas de mestrado e doutorado dos seguintes órgãos financiadores: CAPES e FAPESB. As bolsas do Programa de Pós-Graduação serão distribuídas segundo critérios aprovados em sessão do colegiado desse Programa, composto por um representante de cada linha de pesquisa.


DISTRIBUIÇÃO POR MÉRITO ACADÊMICO

Dentro de cada linha, as bolsas são distribuídas em função do mérito dos candidatos


 

Não há garantia de bolsas de estudos a todos os alunos regulares ingressantes ao curso de mestrado/doutorado do PPGAV. Isso depende do momento de ingresso, do número atual de bolsas, do número de ingressantes interessados em bolsas, dos programas de bolsa existentes em cada momento, da atual situação dos atuais bolsistas, entre outras possíveis situações. Importante notar que a simples manifestação de interesse por bolsa e posterior classificação na lista de bolsas não significa necessariamente atribuição de bolsa. Para informações mais precisas, acesse as informações abaixo:


CAPES

CAPES - ACÚMULO DE BOLSA E VÍNCULO EMPREGATÍCIO (REGULAMENTAÇÃO E ORIENTAÇÕES):

FAPESB


Orientação para contemplados com Bolsa FAPESB   BolConsulta Bolsistas    |  Bolsistas Ativos dcdcd)

Mestrado - Clique aquibaixe e siga as Normas Gerais para Bolsas de Mestrado Profissional, Mestrado e Doutorado do ano de sua inclusão.

Doutorado - Clique aquibaixe e siga as Normas Gerais para Bolsas de Mestrado Profissional, Mestrado e Doutorado do ano de sua inclusão.

Clique Aqui -> Normas Gerais para Bolsas de Mestrado Profissional, Mestrado e Doutorado 2017 a 2021

 

Relatórios de bolsistas FAPESB (Clique Aqui)

Esses relatórios devem ser enviados anualmente em formulários próprios devidamente assinados. Os relatórios devem ser entregues na Secretaria do PPGAV 15 dias antes do prazo final da FAPESB, para evitar problemas no pagamento da bolsa. Após assinatura, uma cópia do termo de outorga da bolsa deve ser encaminhada à Secretaria para controle
 

Orientação para contemplados com Bolsa CAPES    ->   Bolsistas Ativos

Encaminhar à PROPG, Setor Acadêmico, Bolsas [tel.: (71)3283-7967] os seguintes documentos:

  1. Cópia do RG, CPF,
  2. Cópia do comprovante de residência,
  3. Comprovante de matrícula em compoente curricular (solicitar no programa),
  4. Formulário Cadastral - CAPES preenchido (assinado e carimbado pelo coordenador do programa),
  5. Termo de Compromisso DS preenchido (assinado e carimbado pelo coordenador do programa).
 
 
Requisitos para ser bolsista Capes/DS, de acordo com a Portaria n° 76, de 14/04/10 – Novo Regulamento – DS:

Art. 9º. Exigir-se-á do pós-graduando, para concessão de bolsa de estudos:

I – dedicação integral às atividades do programa de pós-graduação;

II – quando possuir vínculo empregatício, estar liberado das atividades profissionais e sem percepção de vencimentos;

III – comprovar desempenho acadêmico satisfatório, consoante às normas definidas pela instituição promotora do curso;

IV – não possuir qualquer relação de trabalho com a instituição promotora do programa de Pós-Graduação;

V – realizar estágio de docência de acordo com o estabelecido no art. 18 deste regulamento;

VI – não ser aluno em programa de residência médica;

VII – quando servidor público, somente os estáveis poderão ser beneficiados com bolsas de mestrado e doutorado, conforme disposto no art. 318 da Lei 11.907, de 02 de fevereiro de 2009;

VIII – os servidores públicos beneficiados com bolsas de mestrado e doutorado deverão permanecer no exercício de suas funções, após o seu retorno, por um período igual ao de afastamento concedido (§ 4º, art. 96-A, acrescido pelo Art. 318 da Lei nº 11.907, de 02 de fevereiro de 2009 que deu nova redação à Lei 8.112, de 11 de dezembro de 1990);

IX – ser classificado no processo seletivo especialmente instaurado pela Instituição de Ensino Superior em que se realiza o curso;

X – fixar residência na cidade onde realiza o curso;

XI – não acumular a percepção da bolsa com qualquer modalidade de auxílio ou bolsa de outro programa da CAPES, de outra agência de fomento pública, nacional ou internacional, ou empresa pública ou privada, excetuando-se:

  1. poderá ser admitido como bolsista de mestrado ou doutorado, o pós-graduando que perceba remuneração bruta inferior ao valor da bolsa da respectiva modalidade, decorrente de vínculo funcional com a rede pública de ensino básico ou na área de saúde coletiva, desde que liberado integralmente da atividade profissional e, nesse último caso, esteja cursando a pós-graduação na respectiva área;

  2. os bolsistas da CAPES, matriculados em programas de pós-graduação no país, selecionados para atuarem como professores substitutos nas instituições públicas de ensino superior, com a devida anuência do seu orientador e autorização da Comissão de Bolsas CAPES/DS do programa de pós-graduação, terão preservadas as bolsas de estudo. No entanto, aqueles que já se encontram atuando como professores substitutos não poderão ser contemplados com bolsas do Programa de Demanda Social;

  3. conforme estabelecido pela Portaria Conjunta Nº. 1 Capes/CNPq, de 12/12/2007, os bolsistas CAPES, matriculados em programas de pós-graduação no país, poderão receber bolsa da Universidade Aberta do Brasil – UAB, quando atuarem como tutores. Em relação aos demais agentes da UAB, não será permitido o acúmulo dessas bolsas.


Valores das bolsas: 
 
 

    O trabalho final do Curso do Mestrado em Artes Visuais se constitui em uma Dissertação para a Área de Concentração História e Teoria da Arte (Linhas de pesquisa: História da Arte Brasileira e Interfaces Teóricas entre Arte, Arquitetura e Design), um Trabalho Artístico com Dissertação para a Área de Concentração Poéticas Visuais Contemporâneas (Linhas de pesquisa: Processos Experimentais na Arte Contemporânea e Processos de Criação Artística Multidisciplinar); e uma Dissertação ou Trabalho de Design com Dissertação para a Área de Concentração em Design (Linha de Pesquisa: Concepção, Produção, Teoria e Crítica do Design).

    O trabalho final do Curso de Doutorado em Artes Visuais se constitui em uma Tese para Área de Concentração História e Teoria da Arte (Linhas de pesquisa: História da Arte Brasileira e Interfaces Teóricas entre Arte, Arquitetura e Design), um Trabalho Artístico com Dissertação para a Área de Concentração Poéticas Visuais Contemporâneas (Linhas de pesquisa: Processos Experimentais na Arte Contemporânea e Processos de Criação Artística Multidisciplinar), de responsabilidade individual do aluno, resultado de um projeto executado, sob a direção do Orientador, e que revele a aptidão do mesmo para a pesquisa e para a prática artística de acordo com o disposto no Parágrafo único do artigo 70 do Regimento Geral da UFBA.
     

    Observação:

    A - O julgamento do trabalho final será solicitado pelo aluno ao Coordenador do Curso, anexando ao requerimento uma declaração do Orientador de que o mesmo está em condições de ser julgado, bem como 07 (sete) exemplares da Dissertação e 02 (duas) cópias em pdf gravada em CD, para o Curso de Mestrado; e 09(nove) exemplares da Tese e (duas) cópias em pdf gravada em CD, para o Curso de Doutorado.

    B - Somente será submetido a julgamento o trabalho final do aluno que tiver obtido todos os créditos exigidos em disciplinas e tenha sido aprovado em todas as atividades.

    O Mestrando/Doutorando deverá entregar 07(sete)/09(nove) exemplares da dissertação/tese:

    1. 03(três)/05(cinco) em capa dura
    2. 04(quatro) em espiral,
    3. Mais 02(dois) cds gravados com a dissertação em PDF (máx 30 mb), acompanhados de carta do Orientador encaminhando todo o material, indicando a aptidão do mestrando para a defesa pública e confirmando os nomes da Banca Examinadora, dia e horário.
    4. Os exemplares da dissertação final, a serem entregues na Secretaria do PPGAV, devem obedecer os padrões da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).
    5. Os 7(sete) ou 9(nove) exemplares deverão ser entregues 30(trinta) dias antes do dia da Defesa Pública da Dissertação/Tese.
    6. A sessão de arguição e defesa terá caráter público e será divulgada pelo PPGAV-UFBA, não devendo exceder a quatro horas de duração;
    7. A sessão será presidida pelo Coordenador do Colegiado do PPGAV-EBA/UFBA, na falta deste, o Vice-coordenador ou o Orientador do trabalho em julgamento;
    8. O Mestrando/Doutorando fará uma exposição oral, que resumirá o conteúdo de sua dissertação/tese, num prazo máximo de 50 (cinqüenta) minutos e mínimo de 30(trinta) minutos;
    9. Cada um dos três examinadores disporá de no máximo 30(trinta) minutos para proceder à leitura de sua avaliação e argüição. O Mestrando/Doutorando disporá de igual tempo para resposta a cada um deles;
    10. O Mestrando/Doutorando deverá preparar a defesa com antecedência, posicionando e testando os equipamentos e projeções, organizando o material bibliográfico e outras fontes, a fim de evitar incidentes e atrasos no início da sessão da defesa;
    11. A Banca Examinadora poderá solicitar quaisquer esclarecimentos complementares após a defesa;
    12. Concluída a defesa, os membros da Banca Examinadora se reunirão em privado e emitirão pareceres individuais, datados e assinados, e um parecer único e consensual, considerando o mestrando como Aprovado ou Reprovado.
    13. Compete à Secretária do Colegiado e, na ausência desta, o presidente da sessão de defesa pública,   lavrar Ata com a conclusão final da banca examinadora, que será lida na sessão pública;
    14. Os procedimentos acima transcritos não poderão ser substituídos por nenhuma outra modalidade de prova;

    OBS: Segundo Normas da PPGAV/UFBA, cada membro da banca deve apresentar parecer individual e o parecer conjunto que será registrado na ata.


    FORMULÁRIO  - REQUERIMENTO DE DEFESA DE DISSERTAÇÃO/TESE

    A secretaria do programa SOMENTE receberá os exemplares quando o aluno ou orientador entregar o formulário preenchido, datado e assinado por ele e pelo orientador junto com todos os exemplares até 30 dias antes da data da defesa. 

     

    Toda(o) aluna(o) terá direito a um orientador, que a(o) acompanhará durante a sua vida acadêmica. A escolha do orientador é realizada em reunião do corpo docente com aprovação posterior do Colegiado do Programa.
    Para o desenvolvimento da dissertação, a(o) aluna(o) deverá se matricular na atividade Projeto de Dissertação desde o primeiro semestre letivo, e agendará junto com a(o) orientador(a) os dias e horários para os encontros, devendo cumprir durante o semestre, no mínimo, 30 (trinta) horas de orientação, podendo ser 02 (duas) horas por semana.
    A(o) aluna(o) a depender do tema e aceitação da(o) orientadora(or) e aprovação do colegiado, poderá eleger uma co-orientação de outros programas e/ou instituições

    O Núcleo Permanente de Extensão em Letras (NUPEL), do Instituto de Letras da Universidade Federal da Bahia (ILUFBA), é o responsável pelo serviço de elaboração, aplicação e correção de testes de proficiência em língua estrangeira moderna (espanhol, francês, inglês e italiano), para os cursos de Pós-Graduação da UFBA.

    Para maiores informações, acesse o Ofício Circular NUPEL nº 01/2017. (Clique Aqui)

    Exame de Qualificação é obrigatório para mestrandas/os e doutorandas/os, devendo seguir as seguintes diretrizes:

    O Orientador deve solicitar a formalização da banca de qualificação ao Colegiado, indicando sugestão de membros da banca, data e horário, através de Ofício e Formulário de dados da banca de qualificação devidamente assinados.

    • A Qualificação ocorrerá em sessão única perante comissão examinadora de três professores/as (umas delas a Orientadora), e consistirá de:
    • Defesa de projeto de dissertação/tese
    • Avaliação do conhecimento do/a estudante de mestrado ou doutorado no que se refere a aspectos teóricos e metodológicos de sua área de pesquisa
    • Conhecimento da literatura referente à área mais ampla na qual se insere o seu projeto
    • Apresentação de documento da qualificação que deverá constar de projeto de pesquisa com detalhamento da metodologia, um capítulo completo da dissertação, relatório da pesquisa de campo com indicação da análise e estrutura da dissertação (proposta de organização do relatório final).

    PROCEDIMENTOS PARA O EXAME DE QUALIFICAÇÃO

    DO PERÍODO:

    O Exame de Qualificação deverá ser realizado no final do 3º semestre do Curso (Mestrado), não podendo, em hipótese alguma ser prorrogado para o próximo semestre.

    DA DOCUMENTAÇÃO A SER APRESENTADA (com antecedência de 30 dias do dia da Qualificação):

    1.       CARTA DE ENCAMINHAMENTO DO ALUNO

    A carta de encaminhamento do aluno, em até duas páginas, deverá conter o título do trabalho, apresentação da proposta, hipóteses, problemas e metodologia.

    2.       CARTA DE ENCAMINHAMENTO DO ORIENTADOR

    O encaminhamento do orientador deverá indicar a aptidão do aluno para qualificação, a data e a sugestão de nomes para composição da banca.

    3.       CURRICULUM LATTES ATUALIZADO (EM TRÊS CÓPIAS)

    4.       RELATÓRIO (em três cópias) contendo o programa de aulas cumprido, acompanhado de comentários acerca das disciplinas. O relatório dos mestrandos da Linha de Processos Criativos poderá ser instruído com imagens impressas do trabalho artístico que desenvolvia antes de ingressar no Mestrado em Artes Visuais e do trabalho desenvolvido após o ingresso no PPGAV, aquele que foi fruto da pesquisa desenvolvida para a dissertação, assim como poderá apresentar os croquis e projetos dos trabalhos que ainda serão realizados até a exposição final para a defesa pública.

    Maquetes - Para a área de Processos Criativos nas Artes Visuais, o mestrando poderá apresentar maquetes e animações das propostas que serão desenvolvidas, caso necessário.

    5.       TEXTO (em três cópias) com no mínimo 50 páginas devendo conter:

    • O esboço completo da dissertação com um capítulo finalizado.
    • Algum desenvolvimento dos demais capítulos, dando uma visão conjunta do trabalho para companhamento do mesmo.
    • Indicação da bibliografia já trabalhada e da bibliografia a ser consultada.

    DA BANCA

    A Banca será composta por três membros: o professor orientador, um professor do Programa, da UFBA ou de outra Universidade de Salvador e outro professor preferencialmente de fora da Bahia.

    A sessão do Exame de Qualificação não é pública, devendo ter duração máxima de 02(duas) horas.

    Páginas